Categorias

recent posts

Nunca deixe de acreditar



Eu passei muito tempo pensando se fazia ou não um post “inaugural” para o blog. Coloco as aspas porque já comecei e terminei blogs mais vezes do que passei nas provas de matemática do colégio. Sou uma fã confessa de blogs e youtube, acompanho muitos produtores de conteúdo e vi muitos blogs e canais crescendo. Sendo assim, resolvi finalmente parar e me perguntar: Por que não eu? Tenho um amor especial por fotografia, livros, séries e pelos textos que escrevo. É algo que eu amo fazer, e que me dá prazer. Então porque eu começo... e desisto no meio do caminho? Auto sabotagem.

Depois de muito tempo de autoanálise, músicas inspiradoras e vídeos de autoajuda, cheguei à conclusão de que o meu problema é a maldita da insegurança. Esse sentimento de que não sou boa o bastante para competir com os blogs consolidados, estou gorda demais para gravar vídeos ou que ninguém vai se interessar pelo que eu escrevo. Isso me consumia. Até eu perceber que a minha mente estava funcionando da maneira errada.

Pensar nos blogs ou canais como uma competição está errado. Começar algo pensando em ganhar qualquer coisa em troca também está errado. A gente tem que fazer o que gosta e porque gosta, porque faz bem. E, se crescer e te der retorno, agradeça. É a consequência da nossa dedicação. Mais errado ainda é pensar que não somos bons ou dignos o bastante para fazer qualquer coisa que seja. Todos somos bons em alguma coisa, uns com mais talento que os outros, mas bons à sua maneira.

Outra conclusão que cheguei com essa minha terapia à moda miguelão foi que existem 4 coisas que são essenciais para se conseguir fazer o que quiser: paciência, estudo, dedicação e fé. Porque se você não acreditar, não vai chegar a lugar algum.

Por isso estou aqui hoje, abrindo meu coração para vocês. Por isso eu criei esse blog, e por isso eu não vou desistir. Não dessa vez. Porque eu acredito. E você?

Nenhum comentário :

Postar um comentário